QUARTA-FEIRA, 23 DE MAIO DE 2018
Untitled Document
09/11/2016 | Fonte: G1

Trecho da BR-163 que desmoronou deve ser recuperado em 20 dias

Previsão é da CCR MSVia, responsável pela rodovia federal em MS. Rodovia foi interditada na última sexta-feira (4) e comprometeu trânsito.
Tráfego foi transferido para o outro lado da pista (Foto: Divulgação/PRF)

A CCR MSVia estima que o trecho da BR-163, em Itaquiraí a 395 quilômetros de Campo Grande, que desmoronou na última sexta-feira (4) e foi interditado, seja recuperado em 20 dias. O trânsito no local está sendo liberado um lado de cada vez.

De acordo com informações da CCR MS Vias, concessionária responsável pela administração da BR-163, uma opção é pegar a saída em Caarapó, na altura do km 209 da BR-163/MS, percorrer a MS-156 até Amambai/Tacuru, pegar o acesso à MS-295 até Iguatemi e, em seguida, retornar à BR-163 no km 41, em Eldorado.

Outro caminho é pegar a saída em Naviraí, no km 104 da BR-163, percorrer a BR-487 até Porto Camargo (PR) e seguir pela PR-487 no sentido para Alto Paraíso (PR). O motorista deve dar continuidade ao trajeto pela PR-485 até o município de Casa Branca (PR), onde acessará a BR-182 até a cidade de Pérola (PR), regressando novamente à PR-485 até Cafezal do Sul (PR) e por fim, seguir pela PR-323 até Guaíra (PR).

O gestor de Atendimento da CCR MSVia Fausto Camilotti informa que esses trajetos estão sendo veiculados nos Painéis Eletrônicos de Mensagens Variáveis Fixos e Móveis, dispostos ao longo da rodovia, além do Disque CCR MSVia, que atende gratuitamente, inclusive ligações de celulares, pelo telefone 0800 648 0163.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 23/05/2018 Inscrições de concurso de prefeitura com 201 vagas se encerram no dia 4
Postada em: 20/05/2018 Casa pega fogo em Dourados, MS, e mãe e filho ficam feridos
Postada em: 12/05/2018 Reinaldo autoriza concurso com 1,5 mil vagas para a Educação de MS
Postada em: 11/05/2018 Naviraí vai ensinar Xadrez nas escolas para melhorar desempenho dos alunos
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra