SEGUNDA FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2018
Untitled Document
08/10/2016 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Polícia Ambiental empenhará todo efetivo em operação no feriado prolongado

Fiscalização nos rios será intensificada a partir das 8h deste sábado (8)
(Divulgação)

Começa amanhã, a partir das 8h, Operação Padroeira do Brasil, da Polícia Militar Ambiental (PMA), que reforçará fiscalização nos rios de Mato Grosso do Sul para coibir, dentre outras práticas, a pesca predatória. Trabalho que contará com efetivo de 362 policiais será encerrado às 8h do dia 17 de outubro.

Durante o feriado prolongado, a PMA empenhará todo o efetivo, inclusive os militares do setor administrativo, para atuar na operação.

Devido ao fechamento da pesca nos rios do Mato Grosso, a Polícia Ambiental priorizará a fiscalização na divisa com esse Estado, tanto nos rios correntes quanto nas áreas mais distantes do Pantanal, como Foz do Rio Piquiri, Rio São Lourenço, Cuiabá e Paraguai.

Serão quatro equipes itinerantes que fiscalizarão todos os tipos de crimes e infrações ambientais. Comando da PMA alerta às pessoas que multas para crimes ambientais podem chegar a R$ 50 milhões e as penas criminais, até cinco anos de reclusão.

Ação faz parte da Operação Pré-piracema, que começou no dia 1 de outubro e termina em 6 de novembro. A finalidade é coibir a ação criminosa, tendo em vista que cardumes já estão formados e turistas têm facilidade para capturar o pescado.

Na última Operação Padroeira do Brasil, 25 pessoas foram autuadas e a PMA aplicou R$ 78,8 mil em multas.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 25/06/2018 CEJUSC de Naviraí convoca casais do último multirão de casamentos
Postada em: 23/06/2018 Bombeiros capturam sucuri de 2 metros de comprimento na roda de carro
Postada em: 22/06/2018 MS apresenta situação da fronteira na reunião que discute a retirada da vacina contra aftosa até 2023
Postada em: 21/06/2018 Vídeo de menores fazendo sexo oral em ônibus escolar viraliza e gera debate na Câmara de Vereadores
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra