QUARTA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2017
Untitled Document
29/03/2016 | Fonte: CG news

Juti- MPE investiga improbidade, mas vereador nega fraude em diárias

Foto divulgação
O MPE (Ministério Público Estadual) abriu inquérito para investigar recebimento indevido de diárias por parte de um vereador de Juti. Elício Rocha Filho (PTdoB) nega qualquer irregularidade em sua atuação na Câmara e diz que vai se defender assim que for notificado pelo órgão.
 
A investigação é realizada pela 1ª Promotoria de Justiça de Caarapó, município vizinho. A abertura do inquérito foi publicada hoje (29) no Diário Oficial do MPE, assinada pela promotora Fernanda Rottili Dias. O edital que informa a instauração não detalha o que motivou a investigação.
 
Para o vereador, é possível que o MPE tenha se baseado em alguma denúncia. “Não posso falar sobre isso, porque não tenho conhecimento dessa investigação. O que posso dizer é que não há irregularidades. Quando eu me informar sobre o inquérito, vou poder falar algo, até porque vou me defender e provar que isso não existe”, disse Elício.
 
O vereador disse ainda que a "política é quente em Juti" e lembrou que a prefeita da cidade, Isabel Cristina Rodrigues (DEM), já enfrenta processo de cassação na Câmara de Vereadores. Apesar de citar a chefe do Executivo, Elício não comentou se é a favor ou contra sua cassação, apenas frisou que denúncias são comuns no município.
 
A prefeita é acusada de crimes de responsabilidade por suposta fraude em licitações e por descumprir a Lei Orgânica do Município ao deixar de fornecer informações aos vereadores. As denúncias foram protocoladas pelo morador Paulo Graw, no dia 1º de março. Na sessão do dia 7 do mesmo mês, os vereadores acataram a representação e por unanimidade aprovaram a instauração da Comissão Processante.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 24/05/2017 Mundo Novo - Manifestantes bloqueiam trecho da BR-163
Postada em: 24/05/2017 Papa e Trump se encontram pela primeira vez e líder católico pede paz
Postada em: 24/05/2017 Estado pode ter cadastro de pedófilos com nome e foto
Postada em: 24/05/2017 Câmara aprova MP que libera saque das contas inativas do FGTS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra