SEXTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017
Untitled Document
20/02/2016 | Fonte: AgazetaNews

SIG prende em Amambai, irmãos suspeitos de matar em Tacuru

Dupla trabalhavam com a vítima e no dia do crime teriam recebido pagamento, diz polícia.
Os irmãos, Marcio (e) e Daniel Farias, suspeitos de cometer assassinato em Tacuru. Eles negam o crime. (Foto: Vilson Nascimento)

Uma equipe do SIG (Setor de Investigação Geral) da Delegacia de Polícia Civil local prendeu, na manhã dessa sexta-feira, dia 19, em Amambai, dois irmãos indígenas suspeitos de cometer um assassinato em Tacuru na quarta-feira, dia 17 de fevereiro.

Segundo a polícia a vítima, o também indígena, Eduardo Benites Gonçalves, foi encontrado morto no interior da Aldeia Jaguapiré, distante cerca de 25 quilômetros da cidade, em Tacuru.

De acordo com a Polícia Civil ele estava nu e apresentava ferimentos provocados por golpes de arma branca (faca ou facão).

Próximo ao corpo foi encontrado uma calça jeans e uma cueca, supostamente vestes pertencentes à vítima, um facão e uma ranhura no chão, o que indicaria, segundo a polícia, que os autores teriam tentado cavar um buraco para esconder o corpo de Benites.

Segundo a polícia, levantamentos realizados pela equipe de investigação da Delegacia de Tacuru junto às lideranças e moradores da comunidade indígena apontaram os irmãos, Márcio Rodrigues Farias, de 19 anos e Daniel Rodrigues Farias, de 21 anos, como os autores do assassinato.

Ao serem presos na Aldeia Limão Verde, em Amambai, os irmãos, que segundo a polícia eram vizinhos de Eduardo e inclusive trabalhavam como diaristas junto com a vítima capinando em um sítio da região, negaram a autoria do crime.

Informações levantadas pela investigação indicam, segundo o SIG, que no dia do crime os suspeitos e vítima teriam recebido pagamento. Os suspeitos teriam recebido R$ 140,00 cada e a vítima um valor mais alto, tendo em vista que havia trabalhado por maior número de dias.

Indagados pelos investigadores sobre o motivo pelo qual fugiram da Aldeia Jaguapiré assim que o assassinato foi descoberto, Márcio e Daniel relataram que fugiram por medo, tendo em vista que teriam sofrido ameaças.

Segundo a Polícia Civil, mediante as evidências da participação dos suspeitos no assassinato, os irmãos foram indiciados em inquérito por homicídio.

Como o crime aconteceu no município de Tacuru, que pertence a comarca de Iguatemi, o caso foi passado para a Delegacia de Polícia Civil daquela cidade, que dará prosseguimento com as investigações.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 24/11/2017 Polícia e Anac flagram mecânicos de carro fazendo manutenção em aeronaves
Postada em: 24/11/2017 Empresários são presos por fraude em empreendimento imobiliário no Rio
Postada em: 24/11/2017 Naviraí – Preso homem que após discussão matou colega a facadas
Postada em: 24/11/2017 Adolescente é espancado e morto por colegas de cela em Unei
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra